A terra dos lagos e vulcões tem nome : Nicarágua

  • 26 de janeiro de 2022
A terra dos lagos e vulcões tem nome : Nicarágua


A Nicarágua é o maior país e o mais pobre da América Central. Resolvi conhecer esse país pela quantidade de vulcões que tem por lá, os cinco principais estão em sua bandeira, e pelas suas lindas belezas naturais. O destino da maior parte dos turistas é Granada , uma linda cidade colonial que tive o prazer de conhecer por 4 dias .

Cheguei na Nicarágua pela fronteira chamada Peñas Blancas que liga o país a Costa Rica. Sai da praia de Tamarindo depois 3 ônibus e 4 horas depois estava na fronteira. A exigência do país hoje é PCR, vacina de febre amarela e preencher no site do governo a autorização para entrar no país com no mínimo 3 dias de antecedência. Antes de sair de Brasília (aonde eu moro) , liguei pra embaixada e só me falaram da validade do passaporte (tem que ter validade de no mínimo 6 meses ) ,da vacina de febre amarela e do PCR .

Cheguei na fronteira sem a autorização em pleno domingo. Uma hora depois de muita conversa, paciência do oficial de imigração para preencher os papéis e após pagar 13 dólares do imposto de entrada peguei um ônibus na fronteira mesmo e em menos de 1 hora estava no meu destino final e minha 1º parada: San Juan Del Sur .

Praticamente uma vila porque tudo se concentra em 6 quarteirões. Point de surfistas e mochileiros no país e assim que cheguei sabia que ia amar aquele lugar. Tenho dessas coisas de energia do lugar bater comigo . E amei mesmo ! Considerada a praia badalada da Nicarágua, a praia de San Juan além de não ter ondas, venta muito. Aqui o foco são bares e festas .

O que fazer em San Juan Del Sur:

San Juan Del Sur - Nicarágua.
San Juan Del Sur - Nicarágua.

1) Playa Madera,Playa Hermosa e Playa Marsella que ficam há 40 minutos de San Juan.Há shuttles em vários hostels e agências.Informe-se sobre preços e horários no dia anterior. As pessoas vão pela manhã e voltam no fim do dia. São nelas que os surfistas passam o dia.

2) Sunday Funday : uma famosa festa que acontece todos os domingos e que atrai muita gente . É uma mistura de Pool Party com Pub Crawl. Começa de manhã e termina no fim do dia. A diversão é passar o dia em 3 hostels curtindo piscina, drink e música.

3) Caminhar pelo centrinho e tirar fotos das poucas casas em estilo vitoriano que sobraram na vila. Antes da construção do Canal do Panamá , San Juan fez parte da rota do ouro para os EUA.

Centrinho de San Juan Del Sur
Centrinho de San Juan Del Sur

4)Procurar no centrinho o escritório do Tree Casa que nada mais é que um resort que oferece Day Use. Custa 15 dólares com direito a transporte e entrada do lugar. Detalhe : esses 15 dólares são com total consumação . Lindo demais é só vá !

Tree Casa Resort
Tree Casa Resort
Tree Casa Resort
Tree Casa Resort

5)Noite : o segredo é caminhar pela vila e ver onde tem movimento. Os bares da praia são lindos mas são bem mais caros que os do centrinho que sinceramente achei melhor por ter gente mais velha.

2º parada : Isla de Ometepe.

Isla Ometepe: Punta Jesus Maria
Isla Ometepe: Punta Jesus Maria
Ojo de Água
Ojo de Água

Peguei um ônibus de San Juan até Rivas e de lá um táxi até o Pôrto de San Jorge . Uma hora e meia de ferry depois estava na ilha.

Dizem por lá que é a maior ilha do mundo dentro de um lago mas não encontrei essa informação em lugar nenhum. Foi formada por 2 vulcões imensos e fica no meio do grande Lago Nicarágua, o maior lago da América Central. É o único lugar do mundo onde habita uma espécie de tubarão de água doce. Não encontrei nenhum por lá . Ouvi um amém ? 🤣

Vilarejos :

-Moyogalpa:vilarejo aonde a maioria dos turistas ficam hospedados. Afinal, além de ser o local de desembarque e embarque dos ferrys, é a vizinhança com melhor estrutura de bares, restaurantes e comércios em geral.

vilarejo aonde o barco de Rivas/San Jorge chega. Foi aonde fiquei.

-Altagracia:vilarejo que está mais perto dos atrativos.

-San Ramon:para quem vai no vulcão ou cascata de mesmo nome.

-Santo Domingo: aonde fica uma das melhores praias da ilha

Locomover : alugue uma scooter ou bicicleta . As distâncias são grandes então vale a pena explorar. Contratei o serviço de um tuk tuk automóvel (fofo) por 35 dólares o dia.

O que fazer em Isla de Omepete:

1) Ojo de Água : uma represinha com água do rio. A água é hora azul, hora verde intensos bem lindos. Tem balanços é uma corda para se jogar na água . Uma piscina natural onde turistas e moradores locais vão para passar o dia ou horas relaxando já que há restaurante no local. Tomar algumas cervejas por lá é uma boa pedida !

De ônibus só pegar qualquer um que vá para Santo Domingo e pedir para descer na entrada (dura 15 minutos). A entrada custa 3$ e vale pro dia inteiro.

Ojo de Água
Ojo de Água

2) Playa de Santo Domingo:Bem próxima da atração acima, a Playa Santo Domingo é uma das mais procuradas da ilha mas quando fui estava bem tranquila . Com a pandemia muitos restaurantes fecharam mas há boas opções para comer . A vista com o vulcão Maderas ao fundo é de arrepiar. Não vá no final da tarde pois tem muitos mosquitos. Fui pela manhã depois de ouvir o conselho dos locais .

3) Punta Jesus Maria : cartão postal da ilha e meu motivo junto com Granada de ir para o país. Uma faixa de areia no lago com vista para os 2 vulcões e que dá a sensação de estar caminhando sobre a água . São 5 km de Moyogalpa, pouco depois da pista do aeroporto.Dá pra ir caminhando ou alugar uma bike/moto. Não estavam cobrando entrada mas li que antes custava 1 dólar. Ir no pôr do sol. Qualquer ônibus que vá para Altagracia passa por lá . Basta pedir para descer na entrada e caminhar 15 minutos. Tem bar no local.

Punta Jesus Maria
Punta Jesus Maria

3º parada : Granada

Cheguei depois de um ferry para sair da ilha e um táxi no valor de 35 dólares que dividi com mais 2 turistas que conheci na ilha. Em 2 horas e meia cheguei em uma das cidades coloniais mais antigas das Américas.

Há muitos bares ,hotéis restaurantes para quem gosta de construções antigas e cidade histórica, é o lugar! A Calle Calzada é uma rua bastante turística e possui muitos restaurantes e bares . De dia você caminha calmamente por lá. Já a noite é muita música em um restaurante, banda tocando em outro , muita gente , movimento de carros . No final da tudo certo e para quem gosta de agito é lá que a noite de Granada começa. Depois há festas espalhadas pela cidade.

O que fazer em Granada:

-Centro Histórico (faz em 1 dia)

Catedral de Granada
Catedral de Granada
Iglesia de La Merced
Iglesia de La Merced

1) Catedral de Granada: construída em 1583.

2) Plaza Central de Granada (Selina que fiquei fica em frente )

3) Iglesia de La Merced: subir na torre até as 17 horas(pôr do sol é lindo). Imperdível!

4) Mercado Central de Granada: fui mas não achei nada demais

Voltando para a Calle Calzada:

5) Iglesia de Guadalupe: direção ao lago . Gigantesca e rende lindas fotos;

6) Caminhar pela orla do Lago Nicarágua (Cocibolca);

7) Fábrica de charutos Doña Elba : puros e de 1º linha. Tradição no país e paguei 7 dólares em cada um para presentear .

Passeios a partir de Granada:

1) Isletas de Granada: ilhas no lago e dura 2 horas . Possível ver inúmeras plantas,pássaros e até macacos. Pulei esse.

2) Laguna de Apoyo: contratei pelo Hostel e paguei 14 dólares e estava incluso transporte e entrada no Paradiso Beach Club . Lugar para relaxar,nadar, beber.Tem muitas opções de bares,restaurantes, pousadas e hostels na sua orla. Cheguei em 30 minutos e em volta do lago há muitos clubezinhos que também são hotel, bar e restaurante ótimos para passar o dia.

Laguna de Apoyo
Laguna de Apoyo

1) Hostel Paradiso: 10 as 16 horas por 14 dólares (foi o que conheci) . É um Hostel com serviços de beach club . Tem restaurante que serve café da manhã, almoço e jantar.

2) Laguna Beach Club : tem tb serviço de traslado e fica só há 20 minutos de Granada (não conheci).

Cidade que não fui mas indico : Leon Outra cidade histórica que a atração são as cúpulas brancas de uma das suas igrejas. Descartei porque teria que dormir uma noite por lá devido a distância ou pagaria 100 dólares em um tour que sairia às 4:30 da manhã e inclui a cidade.

Dicas :

1) Drones são proibidos no país desde 2018 por questões políticas . Não leve para não ter problemas ;

2) Experimente o que é considerado um dos melhores cafés da manhã das Américas : o Desayuno Nica que muita vezes foi meu almoço as 10:30 da manhã . Composto de arroz misturado com feijão, ovos fritos ou mexidos, abacate, banana frita, queijo e pico de gallo (nosso vinagrete só que sem pimentão na Nicarágua). É uma delícia e comia sempre que tinha oportunidade.

3) Mulheres que viajam sozinhas não se assustem com os olhares e cantadas dos homens na Nicarágua. Eles são insistentes mas vários Nãos resolvem .

4)As cervejas locais são deliciosas.





Sobre o Autor

Cristina Paiva

Brasiliense, viciada em viagens, tanto que tatuou na própria pele o nome Wanderlust”. Compartilha suas viagens no Instagram @viajandoconhecendoevivendo