Dicas de Hamburgo: a segunda cidade mais importante da Alemanha

  • 01 de agosto de 2019
Dicas de Hamburgo: a segunda cidade mais importante da Alemanha


Hamburgo é a segunda cidade mais importante da Alemanha. Fica situada no norte do país e abriga uma das zonas portuárias mais importante da Europa. A cidade é cercada de canais e parques, onde pode-se desfrutar do verde e da água, tudo isso associado a uma cidade rica e moderna.

 

 

Passamos 3 (três) dias na cidade, tempo suficiente para conhecer os principais pontos turísticos. Nos hospedamos no Sofitel Hamburgo After Wall, localizado no centro da cidade, onde pode-se visitar os principais pontos turísticos a pé. 

No primeiro dia, fizemos um city tour para ter uma ideia do tamanho da cidade e ver as principais atrações. Pegamos o red bus city - Hop-on-Hop-off- em frente ao Sofitel Hotel. O preço do passe diário é de 18,50 euros. A linha vermelha percorre os principais pontos turísticos da região do porto (Hafencity), da cidade nova (Neustadt) e da cidade antiga (Altstad).  

O primeiro ponto a se destacar é o Porto de Hamburgo - Hamburger Hafen. Excelente para fazer um passeio às margens do Rio Elba à pé ou de barco. Um ponto de destaque é a Warehouse Distrikt, uma área portuária que abriga os armazéns antigos. O porto abriga lojas de sourvenir e lanchonetes onde pode-se beber e comer. 

As margens do porto encontra-se uma das maiores atrações turísticas da cidade - o Elbphilharmonie Concert Hall. Considerado com uma das maiores e acusticamente mais avançada sala de concerto do mundo. É popularmente apelidado de Elphi. O prédio concentra uma arquitetura diferente e inovadora. A parte de baixo encontram-se armazéns do século 19 e a parte de cima uma construção contemporânea com toda fachada de vidro, que se assemelha a uma onda de água. A visita é gratuita. 

Uma passeio obrigatório é o de barco pelos canais que cruzam a cidade. A duração é de 2 (duas) horas e custa 20 euros por pessoa. O cenário é deslumbrante, lembrando a cidade italiana de Veneza. É possível ver grande parte das pontes que rodeiam a cidade, que segundo estatísticas chegam a   2.500. Pegamos o barco no lago Binnenalster, centro da cidade, orla aconchegante repleta de barcos cafés e lojas de compra.

A rua central de Hamburgo é a Jungfernstieg, que conecta a Neustadt (cidade nova) com a Altstad (cidade antiga), e abriga vários monumentos, como a Igreja de São Miguel, do século XVIII, um dos símbolos da cidade, além de um centro comercial com vários lojas de compras.

Um atração imperdível para as mulheres é Neuer Wall. Ela reúne as marcas de luxo mais famosas do mundo, como: Louis Vuitton, Hermés, Mont Blanc, Tiffany, Cartier, Longchamp, entre outras. É considerada uma das ruas comerciais mais exclusivas da Europa.   Nas ruas transversais a Neuer Wall é possível encontrar outras lojas de grife como:  Prada, Ralph Lauren, Emporio Armani e Porsche Design, entre outras, além de tradicionais lojas de essências e chás.

Outro ponto de destaque é o centro executivo e legislativo de Hamburgo - o City Hall - um prédio antigo e imponente com belíssimos detalhes na fachada. Fica situado em uma praça com vários restaurantes, bares e lojas.

Fizemos nossa base em Hamburgo e de lá fomos conhecer outras cidades do norte da Alemanha: Bremen, Lubeck, Hannover e Rostock.



Esse artigo foi lido 100 vezes!

Sobre o Autor

Ana Célia de Oliveira Prado

Uma Economista apaixonada por viagens

Veja Também