Dicas de Gravatá: a Suiça pernambucana

  • 18 de março de 2020
Dicas de Gravatá: a Suiça pernambucana


A cidade de Gravatá é conhecida como a suíça pernambucana e fica localizada a 50 km de Caruaru; 82 km de Recife, capital de Pernambuco e a 240 km de Maceió, Alagoas.

Centro de Informações de Gravatá
Centro de Informações de Gravatá

A cidadezinha pernambucana é conhecida por seu clima ameno no inverno, bons restaurantes, rico artesanato e hotéis com ótima estrutura. Nos finais de semana e nos feriados prolongados a cidade fica cheia de turistas e pernambucanos que vão aproveitar suas lindas casas de campo nos vários condomínios de luxo que existem nos arredores de Gravatá.

Como chegar em Gravatá:

Partido de Maceió são cerca de 240 km, mais ou menos 3 horas de uma boa estrada, quase sem buracos.  Basta pegar a BR - 104 até Caruaru e depois seguir na duplicada BR - 232 até Gravatá.

Onde se hospedar em Gravatá:

A cidade é conhecida pela boa infraestrutura hoteleira. São vários hotéis alguns no campo, no estilo hotel fazenda, e outros mais urbanos.

Ficamos hospedados no hotel Porto da Serra que fica localizado próximo as principais atrações da cidade e dos melhores restaurantes de Gravatá. O hotel possui uma estrutura ótima com quartos bem decorados, espaçosos e com uma ótima varada. 

Outros hotéis que também chamam atenção na região são o Vila Hípica, Portal de Gravatá e o Canários. 

Reservem seus hotéis através dos nossos links (banners) do Booking e do hoteis.com que estão presentes no site! Ganhamos com isso uma pequena comissão e você não terá nenhum custo extra com isso! Apenas estará nos ajudando a postar todo esse conteúdo grátis. 

Principais atrações de Gravatá:

A cidade conta com algumas atrações turísticas bem legais. As mais famosas são:

Atrações Urbanas: Museu do Carro Antigo; Polo Moveleiro, rua repleta de lojas onde é possível encontrar o melhor do artesanato da cidade; Igreja de Sant'ana, fica localizada na principal praça do centro da cidade; Memorial de Gravatá; Estação do Artesão, local onde é possível comprar várias obras dos artistas da região e o Alto do Cruzeiro, um dos pontos mais altos da cidade onde é possível ter uma vista panorâmica de Gravatá.

Centro de Gravatá
Centro de Gravatá
Lojas de Gravatá
Lojas de Gravatá
Artesanato de Gravatá
Artesanato de Gravatá

Atrações no caminho dos ventos. Essas pontos turísticos já ficam na área rural da cidade, um pouco mais afastadas do centro. Os principais são: capela de São Miguel Arcanjo; Eólicas; Floresta de Jussará e a cachoeira da Palmeira.

Melhores restaurantes de Gravatá:

Charque da Dona Neuza: um dos restaurantes mais conceituados da cidade. Fica localizado em um transversal da Rua do Polo Moveleiro. O restaurante é bem organizado e o forte são os pratos de carne. Pedimos uma carne de sol, um charque desfiado com queijo coalho e uma linguicinha recheada  com queijo provolone e tudo estava maravilhoso. O restaurante funciona de terça a domingo.

La Foundue Unique: o restaurante se destaca com seus foundue de queijo, carne, chocolate e camarão. Entramos no rodízio e custava 96 reais por pessoa e dava direito a foundue ilimitado de queijo com pães; carnes com vários molhos e de acompanhamento saladas, batata frita e massas; foundue doces de chocolate, doce de leite e chocolate branco acompanhado com frutas e várias guloseimas. Tudo estava delicioso e em pese o alto preço valeu muito a pena. O restaurante funciona de Quinta a domingo e fica do lado do restaurante Antonieta, na Avenida Cicero Batista de Oliveira.

Outros restaurantes que não fomos, mas que são muito bem recomendamos: Cabana Petiscaria, Taverna Suíça e o Boteco do Grego.

Arredores de Gravatá:

Bonito: cidade que fica a 50 km de Gravatá e é conhecida pelo ecoturismo. O local possui inúmeras trilhas, cachoeiras e passeios nas florestas da região.

Caruaru: maior cidade do agreste pernambucano. Lá existem várias atrações. Desta última vez fomos no Polo de Caruaru, shopping com várias lojas onde é possível comprar roupas com ótimos preços e o Alto do Moura, complexo cheio de restaurantes onde é possível degustar a gastronomia do interior pernambucano, como o churrasco de bode. 

Enfim, vale muito pena visitar essa região do interior pernambucano. Qualquer dúvida é só perguntar que teremos o maior prazer em respondê-los.



Esse artigo foi lido 17270 vezes!

Sobre o Autor

Marcio Vital Valença

Advogado e explorador do mundo nas horas vagas. Conhece mais de 55 países em todos os continentes. Instagram @marcionomundo

Veja Também